Brasil na alienação dos sentidos negativos da política, corrupção generalizada, a falta de reforma política... o ficha limpa não passa o Brasil a limpo!

Enfim, este país de vossas excelências, as mariposas políticas, o povo vive de utopia, pela miséria controlada afim de eleições e reeleições, donde o dinheiro público é investido ao bem patrimonial de políticos; e os jovens se perdem em redes sociais falando que vão ao banheiro!


setembro 20, 2013

Mensalão de toga: Celso de Mello diz que povo não tem legitimidade, e serve pizza!!

Ao votar a favor da validade dos embargos infringentes e desempatar o placar, Celso de Mello argumentou que os julgamentos no Supremo devem ocorrer de forma imparcial, sem pressões externas, como da imprensa e da sociedade. Para o ministro, qualquer decisão tomada com base no clamor público é ilegal.

Nas sessões anteriores, os ministros Luís Roberto Barroso, Teori Zavascki, Rosa Weber, Dias Toffoli e Ricardo Lewandowski votaram a favor da validade do recursos. Joaquim Barbosa, Luiz Fux, Cármen Lúcia, Gilmar Mendes e Marco Aurélio foram contra.

A questão gerou impasse porque os embargos infringentes estão previstos no Artigo 333 do Regimento Interno do STF, porém, a Lei 8.038/1990, que trata do funcionamento de tribunais superiores, não faz menção ao uso do recurso na área penal. (Repórter da Agência Brasil)



setembro 18, 2013

José Genoíno, o guerrilheiro "Geraldo", delator!!!

ESQUERDOPATAS

VEJA O QUE DISSE O CORONEL QUE PRENDEU O JOSÉ GENUÍNO:

Prezados amigos, Coronel LÍCIO MACIEL foi quem prendeu GENOÍNO conforme consta no seu discurso abaixo. Nele consta que Genoíno entregou seus companheiros, bem como o Coronel CURIÓ e EU, Tenente VARGAS, também confirmamos isso, inclusive consta no meus livros BACABA e em meu depoimento na Audiência Pública em 03/12/2008 na Comissão Especial da Anistia na Câmara dos Deputados em Brasília-DF. Em depoimento que Genoíno prestou a Justiça Militar, contou tudo sobre seus companheiros e disse onde poderíamos encontrá-los e foi por isso que achamos as três bases, A, B e C onde eles, guerrilheiros, companheiros de Genoíno se encontravam, foi quando começou a destruição de todos.


José Genoíno traiu a Guerrilha do Araguaia. Seu apelido ou codinome era Geraldo. Foi preso logo no início da guerrilha e entregou a todos. Ele se desculpa dizendo que foi torturado.

“Após silenciar-se por 35 anos, Sebastião Rodrigues de Moura, (CURIÓ) o militar responsável pelo ataque final à Guerrilha do Araguaia, revelou onde estão os corpos de guerrilheiros que morreram na batalha e indicou o ex-presidente do PT e deputado federal, José Genoíno, como o principal delator dos militantes”.

“O militar revelou também que só foi possível acabar com a guerrilha devido à traição de militantes, principalmente a de José Genoíno”.

Facebook, Aloisio de Souza