Brasil na alienação dos sentidos negativos da política, corrupção generalizada, a falta de reforma política... o ficha limpa não passa o Brasil a limpo!

Enfim, este país de vossas excelências, as mariposas políticas, o povo vive de utopia, pela miséria controlada afim de eleições e reeleições, donde o dinheiro público é investido ao bem patrimonial de políticos; e os jovens se perdem em redes sociais falando que vão ao banheiro!


junho 22, 2012

Afinal, qual o pior terrorista??

[Foto: Mauro Pimentel/Terra]

O ditador iraniano, Mahmoud Ahmadinejad, ao discursar na plenária da reunião de Cúpula da Rio+20, atacou instituições da ONU, os países desenvolvidos e causou estranhamento ao citar Jesus Cristo. "A figura do ser humano perfeito deve emergir junto de Jesus Cristo", disse Ahmadinejad. O ditador reforçou a posição conservadora da figura da mulher como mãe. "A instituição da família deve ser fortalecida com ênfase na posição da mulher e sua posição sagrada de mãe", disse.

A delegação de Israel se retirou da plenária no momento do discurso do iraniano. Nesta quarta-feira, anúncios em jornais brasileiros, publicados pela Confederação Israelita Brasileira (Conib), criticaram a presença do ditador na Rio+20. No domingo, um protesto contra a presença do iraniano percorreu ruas da zona sul do Rio.

Ahamadinejad, que sabidamente não dá ouvidos ou chance a minorias, tampouco respeita a vontade das maiorias, acusou “um pequeno grupo de países”, os desenvolvidos, de impor padrões de consumo e comportamento e a maioria é forçada a “seguir os passos”. Chamou os países ricos de megalomaníacos. "Isso tem a ver com uma ordem injusta imposta por nações que pretendem manter a hegemonia sobre o mundo", disse.

"O Conselho de Segurança da ONU, a Organização Mundial do Trabalho, o Fundo Monetário Internacional e o Banco Mundial fazem parte desse conjunto de dominação estratégica", disse. Após o discurso, Ahmadinejad foi saudado por membros das delegações de diversos países. Um círculo de pessoas se formou em torno do líder iraniano, que cumprimentou e posou para fotos. Vizinhos de mesa, membros da delegação do Iraque também tiraram fotos do líder iraniano. [NOTÍCIAS CRISTÃS]


Ahmadinejad critica "dominadores" e defende soberania síria


CIRILO JUNIOR
Direto do Rio


Ahmadinejad criticou nesta quinta-feira uma possível intervenção ocidental na Síria. Para ele, a crise política que o país enfrenta deve ser resolvida internamente, entre as forças políticas locais. Ahmadinejad disse que um novo conflito armado só pioraria a atual situação. "Cremos que governo e oposição, por meio de consenso e diálogo, têm que resolver os problemas. O envio de armamentos não ajudará nessa discussão. Conflitos pioram a situação", afirmou, em entrevista coletiva, no Rio, onde participa da conferência Rio+20.

Ahmadinejad pontuou que a ação de governos ocidentais ocasiona grandes problemas no mundo árabe. Segundo o líder iraniano, países como os Estados Unidos têm interesse em patrocinar revoluções armadas com interesses em manipular governos que possam ascender ao poder. Ele acusou ainda as principais potências pelas mortes de milhares de pessoas na região.

"Os dominadores estão tentando impedir ou fazer gestão desses movimentos. Justiça e liberdade são direitos de todos. Nosso problema na região é a intervenção dos poderes ocidentais. Constantemente, fazem divisões dos povos, utilizando de um governo contra o outro, tendo em vista que tem outros planos para governos que estão apoiando", criticou.

Com seu tradicional discurso contra as "nações dominadoras", lembrou da intervenção no Iraque, e a citou como mau exemplo das intervenções ocidentais. Para o presidente iraniano, a ocupação de tropas americanas, deflagrada na década passada, atrasou em 50 anos o progresso do Iraque.

"Foram eles que apoiaram a subida de Saddam Hussein ex-ditador iraquiano. Um milhão de pessoas sofreram. Falaram em estabelecer democracia, mas a cobiça atrás dessa máscara foi questão do petróleo que existia", observou.

Nenhum comentário: