Brasil na alienação dos sentidos negativos da política, corrupção generalizada, a falta de reforma política... o ficha limpa não passa o Brasil a limpo!

Enfim, este país de vossas excelências, as mariposas políticas, o povo vive de utopia, pela miséria controlada afim de eleições e reeleições, donde o dinheiro público é investido ao bem patrimonial de políticos; e os jovens se perdem em redes sociais falando que vão ao banheiro!


setembro 02, 2011

Violência doméstica, um outro lado da moeda que algumas mulheres escondem...

Não quero em hipótese alguma defender qualquer tipo de violência doméstica, seja verbal, moral ou até mesmo, a mais comum, física.

Entretanto, é interessante que um dado seja adicionado as estatísticas quanto a este inimigo de nossos lares, qual seja:

- Em muitas das vezes, o homem no seu trabalho, este é instigante, stressante, e pós dia de labuta, o indivíduo vai a um bar, bebe com os amigos (via de regras, alguns se drogam) no único intuito de relaxamento, e quando chegam no ‘lar’, encontram uma mulher furiosa, desleixada, desbocada que o agride verbalmente, dizendo que ele estava com mulheres gastando o dinheiro que era para os filhos, menospreza seu dia de trabalho e as dificuldades que ele tem para manter o pagamento das contas, muitas das vezes, inclusive aluguel...

... enfim, o individuo simplesmente saiu do trabalho e foi buscar afrouxar, diminuir a força ou a tensão das dificuldades do trabalho, e isto é para não chegar em casa e despejar na esposa estas ações inespecíficas dos agentes e influências nocivas que causam reações típicas do organismo, tais como a síndrome de alarme e a síndrome de adaptação.

Síndrome do Alarme Geral
A Síndrome do Alarme Geral citada por Curling e Billroth referente às úlceras agudas aparecidas em situações graves, é um fenômeno da mesma natureza das enfermidades crônicas relacionadas com situações de distresse.
As repercussões de um estado de alerta crônico são inúmeras. Crianças vivenciando constante sobrecarga psicológica têm duas vezes mais probabilidade de ser menores do que deveriam para a sua idade.
O Estresse elevado, além de ser em si um fator de risco para as doenças do coração e das artérias, gera ou aumenta outros fatores de risco.
O estresse promove a retenção de sódio e uma perda de potássio do sangue, aumenta os níveis de colesterol, acelera a coaguabilidade do sangue, facilita a obesidade, a pressão arterial elevada, o ataque do coração, as arritmias cardíacas e até a morte súbita.

Síndrome da Adaptação Geral
Usualmente, estresse se refere a um evento ou sucessão de eventos que alteram a homeostase, determinando um desequilíbrio do organismo, resultando uma resposta inadequada aos estímulos e prejudicial ao organismo. Entretanto, em alguns casos o estresse moderado pode ser necessário ocasionando respostas adaptativas que levam a um desempenho satisfatório.
A resposta do organismo ao estresse se inicia pela ativação do sistema nervoso simpático e do eixo HPA. Segundo Selye o estresse está associado à síndrome da adaptação geral e constitui um conjunto de respostas produzidas em um sistema biológico que se desenvolve em três estágios em resposta a um estressor prolongado.


Assim, seria oportuno que, quando uma mulher procurasse a Delegacia das Mulheres para denunciar uma agressão, os agentes da Polícia Civil fizessem um processo para reconhecimento da convivência do casal, mesmo porque, muitas das agressões são instigadas pelas próprias mulheres, elas em primeiro plano agridem aos maridos verbalmente, instigam o ego de um trabalhador cansado do dia a dia da labuta, menosprezam um trabalhador que é sujeitado pelo patrão...

... e em muitos dos casos, o homem chega em casa cansado e é insultado por uma mulher que fica o dia inteiro a toa (porque o marido além das contas, ainda paga uma empregada doméstica), sendo condenado por coisas que não praticou (como o adultério) e esta mesma mulher que foi agredida (ou se faz de) é uma devassa, adultera, que jamais se preocupou com a família, com os filhos e com a marido, e na maioria dos casos, são as que fazem denuncias... se fazem de ‘santas’, e na verdade, são co-responsáveis por casamentos falidos, e a denuncia é um caminho para requerem pensões e boa vida!!!


Afirmo isto, pois, tive esta experiência, minha esposa, além de eu dar moradia e sustento para sua mãe, ela tinha uma vida como de uma das mais promiscuas prostitutas e sempre me acusou e afrontou!!!

Nenhum comentário: